Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Orçamento’ Category

Preocupados com a festa e a cerimônia religiosa, algumas pessoas deixam o casamento civil de lado e se surpreendem diante dos prazos e custos inesperados em cima da hora. O segredo para fugir dessa dor de cabeça? Planejamento.

Como funciona

Os noivos devem iniciar o processo de habilitação do casamento comparecendo ao cartório mais próximo da casa de um deles com duas testemunhas maiores de idade que atestem que não há impedimentos para a união (não podem ser os pais nem os avós). Todos devem levar suas identidades (originais ou cópias autenticadas).

Aceita a requisição, o cartório publica na imprensa local durante duas semanas um edital de proclamas (ou conclamas), que é um aviso à sociedade da intenção dos noivos de se casar.

Depois de 15 dias da entrada do pedido, não tendo sido encontrado nenhum impedimento, os noivos estão habilitados para casar. O juiz de casamentos, então, marca data, horário e local da celebração. Quando os noivos optam por fazer a cerimônia fora do cartório, chama-se de casamento em diligência.

A habilitação tem validade máxima de 90 dias (3 meses). Se o casamento não for celebrado nesse intervalo, os noivos precisarão reiniciar o processo.

Por isso, o pedido deve ser feito com antecedência de 15 a 90 dias da data escolhida por vocês para o casamento civil. Um ou dois meses é um bom prazo.

Compare preços de buquês de flores, máquinas fotográficas e canetas especiais para a ocasião.

Documentos necessários*

  • Certidão de nascimento (original ou cópia autenticada);
  • Carteira de identidade (original ou cópia autenticada) ou, para estrangeiros, passaporte ou RNE (Registro Nacional de Estrangeiros);
  • Comprovante de residência dos noivos e dos pais (se vivos);
  • Declaração de estado civil (somente estrangeiros).

– Casos especiais

  • Divorciados: certidão de averbação de divórcio
  • Viúvos: certidão do casamento anterior e atestado de óbito do ex-cônjuge
  • Estrangeiros: todos os documentos devem ser traduzidos para o português por um tradutor público juramentado.
  • Menores de idade: autorização dos pais ou responsáveis. Se um dos noivos tiver menos de 16 anos, deve apresentar também alvará judicial de suprimento de idade.

*Todos os documentos apresentados devem estar em bom estado de conservação. Se sua certidão de nascimento já está surrada, você pode requerer uma segunda via em um cartório.

Taxas**

  • Casamento no cartório – de R$ 200 a R$ 300
  • Casamento em diligência (fora do cartório) – de R$ 700 a R$ 800
  • Publicação de edital de proclamas – de R$ 35 a R$ 50.

** Valores apurados em abril/2008 nas tabelas dos cartórios da Sé e Cerqueira César, em São Paulo

Curiosidades

  • As portas do recinto onde for celebrado o casamento devem ficar abertas, pois o ato deve ser público.
  • Quando o juíz declara os noivos marido e mulher, o casamento está oficializado. Assim, o casal deve assinar o livro já com os nomes que passaram a usar (tanto noivo quanto noiva podem acrescentar o sobrenome um do outro).
  • Cuidado com brincadeiras na hora do “sim”. O casamento civil é uma solenidade e o juiz espera uma manifestação confiante da vontade de se casar. Se ele não sentir firmeza na declaração, ouvir um “não” ou uma confissão de arrependimento, a cerimônia é cancelada. Ainda que tenha sido brincadeira, aquele que “deu para trás” não pode se retificar diante do juiz no mesmo dia e o casal terá de remarcar o casamento.

Mais informações


Anúncios

Read Full Post »

Controlar o orçamento, fazer a lista de convidados, gerenciar o andamento das coisas, cuidar da lua-de-mel, organizar chás… Ufa!

Quem está envolvido no planejamento de um casamento sabe que é tanta coisa para se preocupar que a gente chega a pensar que vai ficar louco! Mesmo que isso seja improvável, há um risco real: perder o controle e tudo sair diferente do esperado.

Para ajudar noivos, amigos e familiares envolvidos na organização, as meninas da lista de discussão “Casar no RJ” carinhosamente cederam sua arma secreta para este blog: um conjunto de planilhas para organização de casamento.

São 4 em um só arquivo: Check list, Lista de convidados, Chá de panela e Orçamento. Todas são ricas em detalhes e tem mecanismos que facilitam as contas.

O link para download está na página Planilhas de organização.

Compare preços do livro Casais Inteligentes Enriquecem Juntos e outros de livros sobre finaças pessoais.

Read Full Post »

Compare preços de alianças

Muito cuidado para economizar na hora de comprar as alianças. Trata-se de uma jóia que vocês pretendem usar pela vida toda (ou pelo menos por 25 anos, até que troquem por outra nas bodas de prata).

Veja como encontrar opções baratas, como um par de alianças da Vivara por R$ 220 (veja fotos).


Read Full Post »

Em um orçamento de festa de casamento, gastos com decoração, fotos e aluguel do salão são mais ou menos fixos: pouco variam se vocês receberem 100 ou 400 pessoas.

O que define mesmo o preço de uma recepção é o tipo e a quantidade de comida que será servida – que é cobrada por cabeça.

Compare preços de vinhos, champagne e outras bebidas alcoólicas.

Read Full Post »

O blog ganhou mais uma página: Calculadoras. Lá, você encontra planilhas em Excel para download para auxiliar nas contas do casamento.

Para estrear, há duas opções: uma para calcular prazos e quantias de poupança e outra para planejar e controlar o orçamento.

As calculadoras não levam em conta variações monetárias como inflação ou rendimento de poupança, mas são ótimas para planejar o lado financeiro do casamento.

Espero que ajude. Qualquer dúvida, é só dar um alô.

Read Full Post »

Casar não é nada barato. Mesmo as cerimônias mais simples envolvem milhares de reais. Isso não significa que você precisa se endividar: basta se planejar e poupar.

Acha difícil? A dica de hoje é uma calculadora de simulação, bolada por Rafael Paschoarelli, professor da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e criador do site ComDinheiro.com.

Clique no link abaixo para baixar a calculadora.

Em quanto tempo você junta dinheiro para realizar seu objetivo

Read Full Post »

Um dos primeiros passos para um casamento sem dívidas é estipular com antecedência quanto se quer gastar e planejar tudo de acordo com esse valor.

Isso depende do tempo disponível para o planejamento e do orçamento dos noivos.

O que eu e o Cauê fizemos foi colocar no papel quanto da nossa renda mensal pode ser separada para o casamento e calculamos o quanto dá para juntar até lá. Se vocês vão receber ajuda de pais ou parentes, incluam também.

Uma dica preciosa que recebi foi ser realista: se a grana for curta o jeito é organizar uma festa que caiba no bolso ou adiar o casório e ter mais tempo para poupar.

Na hora de escolher o tipo de evento que queremos (cerimônia simples ou festança) temos em mente que as principais variantes de um orçamento de casamento são o tipo de recepção e o número de convidados (já que os valores da festa são cobrados por cabeça).

Por isso, é um momento de definir prioridades. Tem quem prefira dar um jantar super bacana para poucos e outros que optam por chamar mais gente para um evento menos glamouroso. A decisão é do casal.

Com o orçamento nas mãos, é um tira daqui, bota lá. Economiza no vestido, investe nas fotos, gasta a mais com convites, repensa o cardápio da festa…

O que interessa é que caiba tudo na meta que vocês estipularam – começar a vida a dois sem dever nada a ninguém é impagável.

Read Full Post »